Anúncio
PREVENÇÃO

Saúde aguarda mais doses de vacina para ampliar campanha contra gripe

A Secretaria espera que a partir do dia 13 de junho tenhamos recebido as novas doses para começarmos a imunização de toda a população.

05/06/2017 16h01Atualizado há 2 anos
Por: Toinho Alves Mtb 0002132/PI
Fonte: Assessoria de Comunicação SESAPI
988

A Secretaria de Estado da Saúde já solicitou ao Ministério da Saúde mais doses da vacina contra a gripe, para assim ampliar a campanha para toda a população. Com aproximadamente 74% de cobertura vacinal, o Piauí tem cerca de 45 mil doses em estoque, quantitativo insuficiente para atender toda a população. Por conta disso, a Secretaria definiu por manter a campanha voltada para o público prioritário.

“Nós tínhamos um público- alvo já definido pelo Ministério no nosso calendário básico. Então, o estado do Piauí, por ele não ter a quantidade de vacina necessária para ser oferecida a toda a população, resolvemos continuar com a campanha de vacina até o prazo previsto, dia 9 de junho e claro já solicitando ao Ministério mais doses para que possamos fazer a imunização de toda a população”, afirma o diretor de Vigilância e Atenção à Saúde, Herlon Guimarães.

De acordo com ele, para estender a toda população seriam necessárias 2 milhões de doses de vacina, “porque já temos cerca de 600 mil pessoas vacinadas num estado em que temos cerca de 3 milhões de pessoas. Esperamos que a partir do dia 13 de junho já tenhamos recebido as novas doses para começarmos a imunização de toda a população”. A expectativa é que, o Ministério confirmando o envio, a remessa de novas doses ocorra até o dia 9 de junho.

Cobertura vacinal

O Piauí já imunizou aproximadamente 594 mil pessoas, o que representa cerca de 74% de cobertura vacinal. Dos 224 municípios, 38 municípios já atingiram a meta, 160 estão entre 60% a 90% de cobertura vacinal e 26 estão com menos 60%. 

A campanha segue até o dia 9 de junho e é voltada para o público prioritário: crianças entre seis meses a quatro anos, gestantes, mulheres que tenham realizado parto há menos de 45 dias, idosos maiores de 60 anos, doentes crônicos (mediante prescrição médica), trabalhadores da saúde, indígenas, população privada de liberdade, profissionais do sistema prisional e professores das escolas do ensino básico ao superior.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários